Amoedo está chateado

Unanimidade no voto do partido NOVO contra a manutenção da prisão de Silveira. Não é a primeira vez que o NOVO se alinha ao mais baixo na política e na moral. É comum que argumentem e julguem em total descolamento com o contexto. Das bandeiras “inofensivas” compartilhadas com a extrema direita ultra liberal no poder consta: administração eficiente do estado. É uma versão da bandeira anticorrupção que nos trouxe aqui.

Interessante que os Novistas sapatênis aqui do meio fio já encontraram a desculpa para absolver seu partido: O Amoedo está chateado. Dizem que o voto contra a manutenção da prisão de Silveira não representa o bochecha rosa e nem o partido. Insistem que tem muito fascistoide disfarçado de liberal dentro do partido.

Fiquei confusa. Não é o NOVO, super “eficiente e racional” na administração, aquele partido-empresa, que faz processo seletivo pra adesão de membros? Tal processo, segundo Amoedo, é justamente para garantir que somente os que tem mérito técnico e moral, possam representar a legenda. É isso não? Tem também a taxa, né? A pessoa tem que ser aprovada no processo seletivo e pagar uma taxa de adesão ao clube dos seletos. Então, eles garantiriam a superioridade ética, moral e técnica de seus afiliados.

Ainda assim, o Amoedo está chateado porque, mais uma vez, os representantes pelo NOVO se alinharam com o pior.

Ou o processo seletivo deles é uma bosta, logo não se pode confiar na capacidade técnica que alegam, ou o CEO do partido, Amoedo Bochecha Rosa, não está nada surpreso.

Política não é administração de empresa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s