Brasil: 422 dias sem dignidade

Em pouco mais de um ano atuando como presidente desse país o legado de Bolsonaro é mais negativo do que as análises econômicas podem fazer parecer.


Uso do aparelho judiciário para coibir investigação de corrupção, envolvimento com milícia e desconcertante proximidade com o assassinato da parlamentar carioca Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Está acontecendo.

Alinhamento com lideranças autoritárias de países com histórico político, econômico e social de barbárie. Está acontecendo.

Decisões que comprometem a credibilidade do país perante a comunidade internacional séria e a confiança de invstidores. Está acontecendo.

Ataques diretos à pessoas específicas que ameaçam o castelo de esterco e mentiras erguido para proteger uma família de “parasitas de corpo mole” que tomou o país de assalto (pelas urnas!, como resultado de um golpe midiático institucional alimentado pela Casa Grande que agora se diz escandalizada). Está acontecendo.

Apoio à organizações paramilitares, violência de Estado e manifestações de enfraquecimento e deterioração inconstitucional. Está acontecendo.

Incentivo à formação de um Estado miliciano neopentecostal. Está acontecendo.

Produção despudorada de mentiras, deliberadamente descuidando de qualquer verniz de credibilidade que sequer pudesse mascará-las. Está acontecendo.

Manifestações públicas, de alcance nacional e internacional, de desprezo pelo país, sua cultura, sua biodiversidade e seu povo. Está acontecendo.

Desmonte da educação em todas as esferas, e condenação de indivíduos e da nação ao obscurantismo. Está acontecendo.

Destruição da saúde pública e condenação da população ao abandono e à morte evitável. Está acontecendo.

Incompetência administrativa. Está acontecendo.

Incompetência em propor e buscar soluções econômicas para a crise atual, com o agravamento de estar contribuindo para o endurecimento da crise. Está acontecendo. (E você ainda está feliz e confiante “porque o Paulo Guedes…?”).

Condenação de milhões de brasileiros e brasileiras ao desemprego, humilhação e fome. Está acontecendo. (E você ainda está satisfeito”porque ao menos tirou o PT…?”).

Ataques constantes ao funcionalismo público de carreita que faz o Estado chegar com zelo, eficiência e humanidade aos cidadãos e cidadãs desse país por meio de trabalho sério e comprometido. Está acontecendo.

Ameaças e perseguições políticas. Está acontecendo.

Ameaça à soberania econômica, intelectual, territorial, cultural e alimentar do Brasil. Está acontecendo.

Apoio ao genocídio dos povos da floresta remanescentes. Está acontecendo.

Destruição do patrimônio ambiental e genético de ecossistemas ricos e únicos como a Amazônia e o Cerrado. Está acontecendo.

Convocação covarde e inconstitucional do gado bolsonarista e da manada controlada pela ameaça direta do aparato miliciano neopentecostal para a derrubada do Congresso. Está acontecendo.

Silêncio. Está acontecendo.

Publicado por

Deriva Navegante

Rês desgarrada nessa multidão

Um comentário sobre “Brasil: 422 dias sem dignidade”

  1. Tá fueda!
    E ele vai comendo pelas beiradas e chegando onde quer: desmonte total do que conseguimos construir da nossa frágil democracia burguesa.
    Espero que o “tiro no pé ” tenha sido essa convocação anti congresso. Que seja o ponto de start da reação.
    É preciso estar atento e forte!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s